quarta-feira, abril 04, 2007

Perfil

LIKE A PRAYER



É fácil causar polêmica, difícil é não achar graça da reação alheia. Vamos sair um pouquinho do âmbito nacional e viajar até Roma, onde Madonna se apresentou pela milésima vez – e pela milésima vez provocou a ira da igreja católica com sua perfomance de cruz credo. Desde que o mundo é pop, a cantora faz uso 'indevido' do símbolo maior do Vaticano: o crucifixo, seja no palco ou no pescoço. E desde que o papa é pop, ela encontra um jeitinho de louvar sua religiosidade em vão para alegria ecumência dos produtores de moda da Frei Caneca. Madonna já foi apostólica romana e pecou pelo excesso de apelação; agora é cabalista e envereda pelo mesmo caminho sem volta. Sua necessidade de buscar o sagrado acaba por deixá-la vulgar – antes a tornasse profana. Tudo em Madonna é gratuito, muito embora uma multidão de fiéis ainda pague caro para assistir a um show carregado de significados engradados. Não há nada de novo em Madonna ou em sua turnê confessionária. Desde o anjo negro de Like a Prayer, tudo em sua carreira é de fácil digestão - difícil é engolir quem ainda clame por ela ou reclame dela. A subversão está no subconsciente, ao contrário do que pensa o inconsciente coletivo.

Fabinho

4 Comments:

Anonymous Tom, Ranger Azul Preferido do Público said...

Para mim, o que tia Madge quer é aparecer sempre e, de preferência, dando uma banana para os preceitos e preconceitos da sociedade atual.
Mas a esta altura, nos pré-50, tá meio difícil ela chocar mais alguém... ela fez tudo o que podia, não?

6:01 PM, abril 04, 2007  
Blogger Liannara said...

Notícia velha...ma so Fabinho tá vivo! hahaha

9:31 PM, abril 08, 2007  
Blogger Fabinho said...

[b][i] Lia ], lia.. mto cuidado na sua vida, RUM!
; )

2:41 AM, abril 12, 2007  
Anonymous eduardo said...

Muito bacan tudo!!!!

2:59 PM, maio 13, 2007  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home